Como fazer sua horta em casa

 

horta em vasos

Trazer mais verde para dentro de casa nos dá vida, frescor e alegria, já que a cor quebra o peso de tons mais escuros.

Montar uma horta dentro de casa significa trazer a seu dia a dia alimentos mais saudáveis, permite contato com a natureza e, logicamente, muita economia quando for ao supermercado. A decoração também ganha pontos e, se você quer inovar, as plantinhas podem ser uma ótima saída!




Pode escolher uma horta vertical,  e utilizar materiais sustentáveis como vasos,  latas, garrafas Pets, caixotes, pallets, calhas, em num canto da casa,na sacada,em varandas, existem muitas opções, escolha a que melhor se encaixa no cantinho que você escolheu. No caso da escolha pelas hortaliças, opte pelas espécies com raízes mais curtas, como o alface, o alecrim e o manjericão. Lembre-se: se você vai plantá-las em vasos, então o tamanho para elas é limitado – diferente de uma horta feita diretamente na terra.




painel_horta_vertical_simples_110x50_h01b

temperos-em-vasos

horta-na-cosinha

hortinhas-na-parede

Como-montar-uma-horta-em-casa

hort2

horta com palets

horta_pendurada_na_parede

horta-de-varanda

horta-na-janela

hortas-em-garrafas-pets

horta-vertical-em calhas

 

Faça uma lista do que vai plantar

Uma lista, por escrito, daquilo que mais uso em casa, seja aromática ou legumes. Nada de incluir ervas que já se ouviu falar, mas nunca se experimentou.

Planear 

Ver o espaço disponível, incluindo vasos e pensar naquilo que tenho hipóteses de plantar. Ter em conta a altura ideal para plantar que não é a mesma para todas as plantas.

Como preparar a terra nos vasos:

como-praparar-a-terra-do-vaso

Numa horta em casa é importante ter em conta o espaço disponível. Na hora de fixar sua plantação vertical, escolha alguma parede da varanda ou da área de serviço que receba, no mínimo, a incidência do sol 4 horas por dia. Para fazer as regas, não tem receita: no inverno e em tempo úmido, elas precisam de pouca água; já no verão, as regas têm que ser diárias. Use a água com moderação para não apodrecer as plantas.




Alguns detalhes que devem ser lembrados na hora de fazer a horta:

Vasos pequenos, significa pouca terra, que significa menos nutrientes e mais regas com água, dependendo do que for escolhido muda o tamanho do vaso.

Instruções sobre a semeadura; não semeie em excesso, siga as instruções de cada planta escolhida, pois as formas são diferentes.

Identificação; Use palitos de picolé ou plaquinhas com o nome das plantinhas para facilitar a identificação.

identificação-dos vasos

Consociação de Culturas. Nem todas as plantas se dão bem e é preciso saber quais podem plantar com quais no mesmo vaso. Regra básica é apenas juntar plantas que têm as mesmas necessidades. Numa horta em casa é natural que se queira aproveitar vasos, mas é preciso saber a forma correta de o fazer.

Mais dicas para montar o seu cantinho verde:

como-escolher-as-plantas-para-horta

 

 

Tomates em vasos

tomate-cereja

15

O tomate cereja é uma ótima opção para se ter em casa, então vamos aprender mais sobre ele:

O tomateiro adapta-se bem a vasos. Deverá escolher um vaso com um mínimo de 5 litros e escolher um local abrigado do vento, muito iluminado e de preferência encostado a uma parede. O calor radiado pela parede irá aumentar a qualidade dos frutos. Durante as épocas de calor regue todos os dias para evitar que a raiz seque. Coloque a estaca precocemente para evitar danos na raiz mais tarde.

O tomate não resiste bem às geadas por isso deve ser iniciado em sementeira em local abrigado e quente entre novembro e março. Assim que as primeiras plantas comecem a brotar coloque num local bem iluminado. Regue por baixo e controle sempre a quantidade de água de modo a que seja toda absorvida em cada rega. O excesso de água pode causar asfixia radicular e atrasar ou destruir a germinação das sementes do tomate.

Plantar Tomate

Assim que terminarem as geadas e o tempo aqueça, entre fevereiro e abril é altura de colocar os tomateiros no campo. Caso seja uma zona ventosa ou com geadas tardias pode usar um garrafão de plástico com o fundo cortado para proteger os tomateiros.
Os tomates preferem solos bem estrumados ou compostados  com boa drenagem e muita exposição solar. Evite zonas que no ano anterior tenham sido plantadas com batatas pois são competidores pelo mesmo tipo de nutrientes.
Plante os tomates em fileiras com 45cm entre plantas e 60cm entre fileiras. Lembre-se que os tomateiros dão muito rama e que mais tarde terão que ser estacados.
Regue abundantemente 2-3 vezes por semana sem encharcar a terra. Durante a altura da colheita aumente a periodicidade das regas.

Tratamento do Tomateiro

O tomateiro requer alguns cuidados de modo a obter tomates grandes e de boa qualidade.

capar-o-tomate

irrigação-com-garrafa-pet

Capar os tomates: Apesar do nome muito curioso, o processo é bastante simples. Assim que o tomateiro
atingir 40cm de altura irá reparar que na zona onde os ramos se unem ao caule principal irão surgir rebentões menores. Assim que estes rebentões atinjam o comprimento de um dedo, corte-os. Permitindo assim que o tomateiro concentre toda a sua energia no que realmente importa.
Aparar os Tomateiros: Caso a planta atinja muita altura irá notar que os tomates serão cada vez mais pequenos. A solução é optar pela qualidade em vez da quantidade. O normal é manter o tomateiro apenas com 4 ramos com flores cortando todos os outros. Caso deseje pode deixar mais alguns mas lembre-se que quanto mais ramos, mais pequenos serão os tomates.
Estacar os Tomates: A planta do tomate não se sustenta sozinha pelo que terá que ser estacada e apoiada com fios à estaca. Este processo é especialmente importante em caso de ventos fortes que poderão partir a planta. Uma estaca com 1m e dois fios são suficientes para cada tomateiro.
Ervas Daninhas: Durante o primeiro mês no campo tenha atenção às ervas daninhas e remova-as frequentemente. Assim que o tomateiro comece a ganhar rama as ervas daninhas quase desaparecem pois ficam na sombra.
Pragas: Só muito raramente irá ter problemas com pragas e caso surjam nunca são com intensidade suficiente para destruir toda a colheita. Para reduzir o risco de pragas plante perto dos seus tomates alguns pés de manjericão. O odor libertado é um repelente natural dos insetos que atacam os tomates.

Algumas opções mais usadas nas hortas:

Coentro e cebolinha: O tempero mais usado pelos brasileiros, e deixa um delicioso sabor e aroma em tudo.

Manjericão roxo: É ótimo para acompanhar pratos da cozinha italiana, como pizzas e molhos para massas.

Alecrim Ideal para temperar carnes, especialmente peixe e frango.

Salsão: Usada em sopas, saladas, omeletes e sanduíches.

HortelãApreciada pela culinária árabe, vai bem em assados e grelhados e pode ser usada na decoração de pratos e no preparo de chás.

Orégano: Conhecido por seu uso em pizzas, o orégano também pode ser utilizado em molhos e assados.

Pimenta: Vale a pena plantá-la sozinha na floreira, para que consiga crescer rapidamente. Com seu sabor picante vai bem em molhos, conservas e temperos.

Sálvia: Usada principalmente para a decoração de pratos e para temperar carnes mais gordurosas, como carne de caça.

Tomilho: Usado principalmente em ensopados e molhos à base de vinho.

 

Algumas fotos para inspirar:

hortas-com-pallets

horta-na-sacada

horta-compacta005

horta1

horta

É isso! Agora você está pronto para trazer mais aroma, sabor e um clima verde extremamente simpático para dentro da sua casa ou seu apartamento!

Fontes:

2.bp.blogspot.com

gerenciaobras.com.br

arquitrecos.com

 achadosdedecoracao.blogspot.com.br

 followthecolours.com.br

jardineiro.net

guiato.com.br

somosverdes.com.br

boletimagrario.blogspot.com.br

blog.lolahome.com.br

pinheirosereni.com.br

 

 

 

Esta entrada foi publicada em$ e marcada com$ .

Deixe uma resposta